MENU

EUA querem petróleo brasileiro, diz ministro das relações exteriores

EUA querem petróleo brasileiro, diz ministro das relações exteriores

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 8:13

A questão energética, a cooperação no âmbito do G20, o setor de obras públicas brasileiro e o intercâmbio educativo estão entre os principais temas a serem abordados na visita do presidente Barack Obama ao Brasil, nos dias 19 e 20 de março, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, após encontro nesta quinta (24), em Washington, com o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, e altos dirigentes americanos.

Segundo Patriota, os Estados Unidos estão interessados em comprar petróleo brasileiro a longo prazo. "Há interesse americano no potencial energético brasileiro. Foi mencionado que o Brasil poderia se converter em um dos importantes exportadores de petróleo no futuro", declarou o ministro.

"Nós temos, em troca, interesse no intercâmbio de cientistas e em uma discussão avançada sobre biocombustíveis, inclusive na área de aviação", disse o chanceler.

Patriota viajou para os EUA a fim de preparar a visita de Obama ao Brasil em março. Ele e o embaixador em Washington mantiveram ao longo de dois dias reuniões com a secretária americana de Estado, Hillary Clinton, com Geithner e Michael Froman, um dos conselheiros econômicos de Obama.

A presidente Dilma Rousseff, que receberá Obama em Brasília no dia 19 de março, também tem um interesse particular no intercâmbio de cientistas e em promover a cooperação educativa, afirmou o chanceler.

Patriota e Geithner abordaram também o tema cambial, um dos principais pontos de discussão no seio do Grupo de países ricos e emergentes (G20), e outras questões de cooperação financeira.

Os Estados Unidos seguem interessados em vender caças ao Brasil, uma operação que envolveria um total de 36 aviões no valor de US$ 4 bilhões a US$ 7 bilhões, confirmou Patriota, embora o governo brasileiro tenha adiado por tempo indeterminado a operação.

"Eu abordei o interesse brasileiro em vender aviões Tucano à Força Aérea dos Estados Unidos. É uma manifestação de interesses simétricos", declarou o chanceler. Os Super Tucano são produzidos pela Embraer, que acaba de inaugurar em Melbourne (Flórida, sudeste) sua primeira fábrica de montagem final de aviões.

Patriota também confirmou que o presidente Obama está interessado em visitar uma favela durante sua estada Rio de Janeiro, no domingo, 20 de março, assim como as sedes de eventos esportivos para o Mundial de futebol e os Jogos Olímpicos que o Brasil sediará em 2014 e 2016, respectivamente.

veja também