MENU

Ex-diretor da Assembleia do PR consegue novo habeas corpus para deixar prisão

Ex-diretor da Assembleia do PR consegue novo habeas corpus para deixar prisão

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 4:41

A juíza substituta Lilian Romero, do TJ (Tribunal de Justiça) do Paraná, concedeu hoje novo habeas corpus ao ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa do Estado Abib Miguel, conhecido como Bibinho, que está preso há 12 dias.

Bibinho é acusado de comandar suposto esquema de nomeação de funcionários fantasmas para desviar dinheiro dos cofres da Assembleia. Ele nega a acusação, já formalizada pelo Ministério Público Estadual à Justiça.

O novo despacho judicial cassou decisão anterior que havia determinado a permanência de Bibinho na prisão. Na segunda-feira, o ex-diretor-geral já havia conquistado o direito ao habeas corpus, mas permaneceu preso depois que o Ministério Público recorreu ao plantão judiciário.

Na decisão que liberta Bibinho pela segunda vez, a juíza Lilian Romero disse que o pedido de prisão deveria ter sido encaminhado à 9ª Vara Criminal de Curitiba, onde foi impetrada a denúncia contra ele, e não ao plantão judiciário. Bibinho, por ter diploma de curso superior, está preso em cela especial do Quartel da Polícia Militar, em Curitiba.

Durante a tarde de hoje, um grupo de sindicalistas e estudantes voltou a protestar em frente à Assembleia por causa das denúncias de corrupção apuradas na Casa.

A pedido da direção da Assembleia, policiais militares reforçaram a segurança interna para evitar a mesma invasão, feita por estudantes, no dia 14 de abril.

Por Dimitri do Valle

veja também