MENU

Ex-governador de MS desiste de pensão

Ex-governador de MS desiste de pensão

Atualizado: Terça-feira, 22 Fevereiro de 2011 as 10:17

O advogado Wilson Barbosa Martins (PMDB), 93, abdicou da aposentadoria de R$ 24 mil que recebia desde 1998 por ter governado Mato Grosso do Sul por duas vezes (1983-86 e 1995-98).

O pedido foi entregue na semana passada à chefia de gabinete do governador André Puccinelli (PMDB).

À Folha o ex-governador falou que sua aposentadoria "tinha legalidade, mas não aprovação social". "Não me interessa receber dinheiro nessas circunstâncias."

Questionado sobre o cancelamento ter sido feito quase 13 anos após o início dos pagamentos, Martins disse ter sido influenciado pela "leitura recente dos jornais".

Outros beneficiários da remuneração em Mato Grosso do Sul não pretendem seguir o exemplo de Martins.

Marcelo Miranda (PR), 72, governou em dois mandatos (1979-80 e 1987-91) e diz "não ver motivos" para cancelar.

A família de Pedro Pedrossian (PMN), 83, que recebe pensões como ex-governador de Mato Grosso (1966-71) e Mato Grosso do Sul (1980-82 e 1991-94), qualificou a atitude de "demagógica".

"Por que não o fez no primeiro mês que recebeu?", falou Rosa Pedrossian, filha do ex-governador.

O ex-governador Zeca do PT (1999-2006), que teve sua aposentadoria declarada inconstitucional pelo STF, disse que Martins "joga para a plateia".

Por Rodrigo Vargas

veja também