MENU

Ex-PM é condenado a 12 anos de prisão por matar jovem no Natal

Ex-PM é condenado a 12 anos de prisão por matar jovem no Natal

Atualizado: Quinta-feira, 14 Outubro de 2010 as 10:54

Um ex-policial militar foi condenado nesta quarta-feira (13) a 12 anos de prisão em regime fechado por assassinar um jovem de 27 anos na noite de 25 de dezembro de 1999, com um tiro na cabeça. Com 9 horas de duração, o julgamento ocorreu nesta quarta-feira (13) no Fórum de Campinas, a 93 km de São Paulo.

Apesar da condenação, o ex-PM não saiu preso do local por ter direito a entrar com um recurso contra a decisão do juiz.

Clayton Ricardo Fernandes foi atingido no rosto por um disparo dado pelo então PM. Ele morreu depois de cinco dias internado. O condenado estava à paisana e fez vários disparos contra um grupo de jovens que fazia barulho comemorando o Natal

Na época, o policial chegou a ficar preso por cinco dias. Ele foi expulso da Polícia Militar em 2002. Agora, responde o processo em liberdade.

O julgamento seria em abril deste ano, mas foi adiado para outubro depois que o Ministério Público de Campinas, por meio do promotor Fernando Pereira Viana Neto, pediu um novo laudo de balística para o processo.    

veja também