MENU

Executiva morre ao levar 17 facadas na zona norte

Executiva morre ao levar 17 facadas na zona norte

Atualizado: Terça-feira, 19 Abril de 2011 as 11:37

Uma executiva de 30 anos foi morta com 17 facadas no pescoço no apartamento onde morava, na zona norte de São Paulo. O corpo foi encontrado no chão no dia 9 de abril deste ano e agora a polícia investiga o caso.

O crime ainda é um mistério para a polícia. A mulher foi encontrada morta dentro do próprio apartamento, que fica no segundo andar, jogada no chão. As portas estavam trancadas e a janela aberta.

Normalmente, a executiva colocava uma colher de pau e uma faca para travar a abertura da janela que dá acesso à saída do apartamento. A mãe da vítima conta que no dia anterior ao crime, a filha deixou o neto com ela. Para a avó, a executiva disse que estava com medo e sentia que alguém a espionava dentro de casa.

Para a polícia, a pessoa que matou a vítima entrou pela janela do apartamento, já que a faca que era usada para travar a janela desapareceu, segundo a delegada responsável pelo caso, Alexandra Cristina. A empregada da casa afirmou que a faca não foi mais localizada depois que a executiva morreu.

Na hora do crime, todas as portas do apartamento estavam trancadas. O apartamento fica no segundo andar. Segundo a polícia, é impossível que a vítima estivesse com uma pessoa dentro do apartamento por vontade própria.

veja também