MENU

Falta de médico complica consultas no maior hospital de Ilhéus

Falta de médico complica consultas no maior hospital de Ilhéus

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 11:26

Pacientes do Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, denunciam a falta de médico na unidade e se queixam que portadores de doenças graves não estão sendo atendidas. “Para quem está com dor esperar duas horas é muito tempo”, diz uma paciente na recepção, enquanto aguarda atendimento.

O jovem Sandro nem conseguia ficar de pé, esperava agachado no saguão de espera por conta da dor no estômago. “Só quero medir a pressão e pronto”, afirma. Um encanador quebrou o pé e recebeu os primeiros cuidados no posto de saúde do bairro Teotônio Vilela. Também no saguão de espera, se queixa da demora no atendimento. “Eu estou aqui há mais de três horas de relógio, a ficha está pronta, mas disseram que não tem cirurgião”, conta.

Segundo o diretor médico Jorge Avelar, a unidade hospitalar tem um pouco mais de cem profissionais na enfermaria, UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e pronto socorro. O número, de acordo com ele, é suficiente para atender a demanda, mas está desfalcado. “Está faltando médico por vários motivos, alguns por doença, outros porque ainda não foram nomeados do concurso público, outros, porque realmente faltam, não sei por qual motivo”, diz.

Ele informa ainda que a situação já foi comunicada à Secretaria Estadual de Saúde, que irá providenciar uma solução.        

veja também