MENU

Falta de vacina para gado preocupa criadores do Noroeste do Paraná

Falta de vacina para gado preocupa criadores do Noroeste do Paraná

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 12:10

A falta da vacina para gado contra a Brucelose, doença causada por bactéria e que pode ser transmitida dos animais para as pessoas, preocupa os criadores da região de Umuarama, no Noroeste do estado.

O dono de uma loja de produtos agropecuários Antônio Cesar Martins fez, em janeiro, o pedido de um lote de 10 mil vacinas e recebeu, em maio, apenas 600 doses. Segundo a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab), o Ministério da Agricultura já foi informado da falta de vacinas.

A vacina contra a Brucelose é obrigatória desde 2002 e deve ser aplicada em todas as bezerras entre três e oito meses. De acordo com o veterinário José Guilherme Jr, o consumo da carne mau passada e o leite in natura de animais infectados com a Brucelose pode contaminar as pessoas.

Os sintomas são febre alta e dores musculares, o tratamento é feito com antibióticos.

O gado que não for vacinado tem que ser sacrificado. “É uma doença grave. Então precisa da vacina urgentemente”, diz o pecuarista Valdir Messias da Silva.          

veja também