MENU

Faltam dois dias para plebiscito sobre divisão do Pará

Faltam dois dias para plebiscito sobre divisão do Pará

Atualizado: Sexta-feira, 9 Dezembro de 2011 as 12:03

     Há dois dias do plebiscito que irá decidir sobre a divisão ou não do estado do Pará, em três novas unidades federativas, o clima das regiões sul e oeste é de apreensão. Apesar da maior parte da população que integra as regiões que seriam emancipadas serem a favor da divisão do estado, a pesquisa Datada Folha apontou que a maior parte, 58%, dos eleitores do estado são contrários a divisão.

A explicação é facilmente encontrada quando se verifica os índices de povoamento das áreas em questão. A região metropolitana de Belém tem bem mais eleitores que a as outras duas regiões, o que provoca a disparidade nas pesquisas de opinião.

A expectativa é que cerca de 5 milhões de eleitores compareçam aos colégios eleitorais para decidir o futuro de uma das maiores unidades federativas do Brasil. O voto não é obrigatório e é por isso que as entidades pró-Carajás e pró- Tapajós estão mobilizando  os eleitores com a intenção de não deixar que contribuam com o processo que é decisivo para o futuro da região.

Nas urnas, os eleitores terão que responder a duas perguntas "Você é a favor da divisão do estado do Pará para a criação do estado de Carajás?" e "Você é a favor da divisão do estado do Pará para a criação do estado do Tapajós?". Cada questão deve ser respondida isoladamente.  O número 77 corresponde à resposta "sim" para qualquer uma das perguntas. E o número 55 será usado para o "não".

Se a maioria dos eleitores forem a favor da divisão, o Congresso terá que discutir e aprovar uma nova lei, que para ter validade tem que ser sancionada pela presidente  Dilma Rousseff. Se a maior parte dos eleitores optar por não, as discussões se encerram e tudo fica como está. (Fernanda Cappellesso) 

veja também