Famílias saem pacificamente de prédio ocupado no Centro de SP

Famílias saem pacificamente de prédio ocupado no Centro de SP

Atualizado: Quinta-feira, 25 Novembro de 2010 as 9:29

Cerca de 1.200 famílias integrantes da Frente de Luta por Moradia deixavam pacificamente um prédio ocupado na Avenida Ipiranga, no Centro de São Paulo, durante reintegração de posse na manhã desta quinta-feira (25). Por volta das 8h50, boa parte das pessoas já haviam saído do imóvel, e ocupavam a pista sentido Centro da Avenida Ipiranga, que estava completamente bloqueada.

Dezenas de policiais militares estavam no local desde o fim da madrugada para o cumprimento da reintegração de posse. As famílias ocupavam o prédio desde o dia 4 de outubro, quando outros imóveis também foram alvo do movimento na cidade. A retirada foi marcada por muita emoção – na frente do prédio, diversas pessoas se abraçam e tentam carregar seus pertences. A maior parte delas não tem para onde ir e não aceita ir para abrigos indicados pela Prefeitura.

Antes da reintegração, integrantes do movimento se reuniram com a Polícia Militar e combinaram que a retirada seria pacífica.   O prédio pertence à HM Engenharia e foi comprado em 2008. De acordo com assessoria de imprensa da empresa, desde a compra do imóvel foi pedida à Prefeitura a permissão para obras no local – que será um empreendimento voltado para pessoas de baixa renda. Entretanto, a licença para a reforma ainda não foi expedida. Por isso, o prédio permanecia vazio.   Por causa da reintegração de posse, o sentido Centro da Avenida Ipiranga permanecia interditado entre as avenidas Rio Branco e São João – o sentido bairro foi liberado por volta das 8h20. Os motoristas enfrentavam trânsito complicado na região. Linhas de ônibus e de trólebus precisaram ser desviadas e funcionários da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da São Paulo Transporte (SPTrans) orientavam motoristas e passageiros no local.    

veja também