MENU

Famílias terão que deixar casas em área de risco na Zona Leste de SP

Famílias terão que deixar casas em área de risco na Zona Leste de SP

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 3:23

Setenta e cinco das 108 famílias que moram no Jardim Santo Antônio, na região do Itaim Paulista, Zona Leste da capital paulista, estão sendo notificadas nesta quarta-feira (26) para deixar suas casas. O motivo é a falta de segurança nas áreas de risco. Os moradores têm 72 horas para deixar os imóveis. A maior preocupação é com o Córrego Itaquera, que passa por algumas ruas do bairro.

A Prefeitura diz que tem pressa em tirar os moradores que estão à beira do córrego por considerar uma área de risco. “A situação é emergente. Nós estamos prevenindo qualquer outra desgraça que estamos assistindo por aí”, afirma João dos Santos de Souza, subprefeito do Itaim Paulista.

Os moradores querem saber da subprefeitura para onde serão levados. “A gente está ciente de que vai sair, só que a gente quer uma garantia, porque a gente mora aqui há mais de 22 anos. Já falaram que ia ter canalização de córrego e não falaram mais nada. Simplesmente eles vieram e falaram que vamos sair, deram seis meses de aluguel no valor de R$ 300 e garantia nenhuma. Só falação, comprovação nada”, reclama a dona de casa Evelim dos Santos Silva.

Garantias

De acordo com o subprefeito, a Secretaria de Habitação garantiu que todas as 75 famílias que estão na prioridade estão incluídas no auxílio-aluguel, com seis meses de ajuda, prorrogável por mais seis e incluídas imediatamente no programa “Minha Casa, Minha Vida”. “Essa é a garantia que posso dar, que a Secretaria de Habitação me falou”, diz o subprefeito.

Os moradores querem que a decisão da Prefeitura seja documentada. “Cada um chega falando uma história, não tem uma posição certa. A gente quer resposta concreta, a gente quer habitação, não quer auxílio-aluguel”, completa Evelim.

Até a primeira quinzena de fevereiro, o subprefeito assumiu o compromisso de ter uma reunião com as famílias, com tudo definido e documentado. A ideia da Prefeitura é também fazer a canalização do córrego e encaixar no programa do "Parque Linear".

Em nota, a Secretaria de Habitação confirma o pagamento do auxílio-aluguel para todas as famílias que serão retiradas e que o dinheiro será liberado na próxima semana.    

veja também