MENU

Fiscais apreendem 76 t de produtos irregulares em dez meses no DF

Fiscais apreendem 76 t de produtos irregulares em dez meses no DF

Atualizado: Terça-feira, 8 Novembro de 2011 as 1:25

As equipes de fiscalização do Distrito Federal apreenderam, de janeiro a outubro deste ano, 76 toneladas de produtos de origem animal e vegetal irregulares. De acordo com a Secretaria de Agricultura, o número é mais que o dobro do registrado em 2010, quando fiscais recolheram 30 toneladas do material.

A diretora de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal e Animal da Secretaria de Agricultura do DF, Cristyanne Taques, afirmou que as apreensões assustam até mesmo os profissionais mais experientes.

“Às vezes são carnes conservadas de maneira inadequada, o que não acontece nos frigoríficos inspecionados pela Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal e Animal (Dipova). Isto acontece em situações de abatedouros irregulares ou clandestinos e também nos veículos que transportam de maneira ilegal esta carne que entra de forma ilegal aqui no DF”, explicou.

Cristyanne disse que o consumo de produtos de origem animal e vegetal irregular afeta diretamente na saúde pública. Ela orientou à população que sempre procure pelos selos de inspeção ao fazer a compra.

“Para os produtos produzidos aqui no DF, é necessário ter o Selo de Inspeção Distrital. Neste selo tem um número que confirma que o alimento é registrado na Dipova e passa sob inspeção para ser comercializado. Ou então, o consumidor pode procurar também os produtos que tem o Selo da Inspeção Federal”, afirmou a diretora.

Os consumidores que quiserem denunciar produtos irregulares podem entrar em contato pelo telefone (61) 3349-4103. A pena para quem é flagrado com produtos de origem animal e vegetal clandestinos é de até três anos de prisão. A pessoa responde por crime contra a ordem econômica e por infração ao Código de Defesa do Consumidor.

veja também