MENU

Fiscal de renda do governo de MS é preso por pedofilia

Fiscal de renda do governo de MS é preso por pedofilia

Atualizado: Quarta-feira, 3 Março de 2010 as 12

Um fiscal de rendas que trabalha na Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) foi preso na manhã desta quarta-feira (3) durante a Operação "Peter Pan", desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Ele é acusado pela prática de pedofilia. Os policiais do Gaeco cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do fiscal.

De acordo com as investigações realizadas pelo grupo há pouco mais de quatro meses, o fiscal aliciava crianças e adolescentes para manterem relações sexuais em troca de benefícios materiais, caracterizando o crime de estupro de vulnerável ou de exploração sexual de vulnerável, dependendo da idade da vítima.

A investigação teve início em 19 de outubro de 2009, a partir de uma denúncia anônima, que informou ao Promotor de Justiça da Infância e Juventude, Sérgio Fernando Harfouche, as práticas do suposto pedófilo, a partir da qual foi solicitado apoio do Gaeco.

A prisão do suspeito, segundo o MPE, tem como objetivo principal aprofundar investigações, sem que ele atrapalhe na coleta de provas que comprovem a prática criminosa. O Gaeco visa apreender objetos pertinentes à prova dos crimes praticados pelo fiscal.

veja também