MENU

Flanelinha suspeito de atropelamento no Rio vai responder por homicídio

Flanelinha suspeito de atropelamento no Rio vai responder por homicídio

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 7:33

A Polícia Civil informou, na noite desta terça-feira (20), que o flanelinha suspeito de   atropelar uma mulher   na Avenida Beira-Mar, na Glória, na Zona Sul do Rio, vai responder por homicídio culposo, omissão de socorro e exercício ilegal da profissão. A vítima chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas não resistiu.

O   atropelamento aconteceu na noite de segunda-feira (19) , nas proximidades do Hotel Novo Mundo. De acordo com a polícia, o guardador, que atuava ilegalmente no Centro da cidade, disse na delegacia que um advogado, dono do carro, deixou a chave com ele para estacionar.Ainda segundo os agentes, o flanelinha levou um amigo até o Flamengo, também na Zona Sul. Na volta, ele teria atropelou a vítima, na pista sentido Centro, e fugiu sem prestar socorro. O advogado chamou a polícia quando pegou o veículo de volta.Policiais da 5ª DP informaram que o advogado procurou a PM e levou o guardador à delegacia. O advogado disse que os motoristas costumam deixar as chaves dos carros com os guardadores.O corpo da vítima, identificada como Angélica Ramos da Silva,   foi enterrado às 14h desta terça-feira (20) no cemitério Jardim da Saudade , em Sulacap, na Zona Oeste. Filho de Cissa Guimarães morre após ser atropelado Em outro acidente, Rafael Mascarenhas, de 18 anos, filho da atriz Cissa Guimarães com o músico Raul Mascarenhas,   foi atropelado na madrugada desta terça-feira (20) quando, segundo a polícia, andava de skate no Túnel Acústico , na Gávea, Zona Sul, na pista sentido Gávea. O túnel estava interditado para manutenção. Ele foi socorrido pelos bombeiros por volta de 1h50.De acordo com a Secretaria de Saúde, o jovem chegou ao Hospital Miguel Couto com politraumatismos na cabeça, no tórax, nos braços e nas pernas. Rafael chegou a ser operado, mas faleceu por volta de 8h desta terça.De acordo com a delegada-titular da 15ª DP (Gávea), Bárbara Lomba, um dos dois jovens que estavam com Rafael já foi ouvido na delegacia. Ele contou que dois carros estavam em um "pega" dentro do túnel, trafegando em alta velocidade.O outro carro identificado nas imagens da CET-Rio seria um Honda Civic. Dois jovens que estariam nesse veículo chegaram à 15ª DP, nesta tarde, acompanhados do pai para prestar esclarecimentos no caso. Motorista identificado A polícia do Rio já identificou o motorista suspeito do atropelamento. O   suspeito se apresentou à polícia   por volta das 19h30 desta terça-feira (20). Segundo a polícia, o carro que foi flagrado pelas imagens das câmeras da CET-Rio na saída do Túnel Acústico é um Siena preto, que estava totalmente apagado e em alta velocidade.

O velório será realizado a partir das 10h desta quarta-feira (21), na Capela 1 do Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Portuária da cidade.

veja também