MENU

Fogo ameaça destruir vegetação de estação ecológica do Pantanal de MT

Fogo ameaça destruir vegetação de estação ecológica do Pantanal de MT

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 1:20

Um incêndio florestal ameaça destruir a vegetação da estação ecológica Taiamã, localizada no Pantanal mato-grossense, na região do município de Cáceres, a 204 quilômetros de Cuiabá. O fogo, que está concentrado nas fazendas do entorno da estação, é monitorado há uma semana pelos analistas ambientais do Instituto Chico Mendes (ICMbio). Mas nesta terça-feira (6), as chamas aumentaram e se alastraram pela vegetação seca por conta dos ventos fortes na região.

Em entrevista ao G1 , o chefe da estação Jair João Mattia informou que brigadistas do instituto estão localizados em pontos estratégicos da estação para monitorar o fogo. “Estamos com 10 brigadistas em terra para combater o fogo. Mais 20 homens são esperados para reforçar nossa equipe”, disse. Brigadistas do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães devem se deslocar para a região.   O local é de difícil acesso, o que dificulta o combate às chamas. Ainda segundo informações do chefe da estação, não se sabe como o incêndio começou e nem qual é a área destruída.

A estação Taiamã é um refúgio para flora e fauna pantaneiras. Com 14,3 mil hectares de área, o local concentra uma infinidade de ninhais de pássaros e grandes mamíferos, como onças, antas e capivaras.

Outro incêndio

Há uma semana, um incêndio consome a vegetação do Parque Estadual da Serra de Ricardo Franco, em Vila Bela da Santíssima Trindade, município mato-grossense a 562 km de Cuiabá e que faz fronteira com a Bolívia.

Até a manhã desta terça-feira (6), o Corpo de Bombeiros informou que já foram destruídos 100 hectares de área, o equivalente a 100 campos de futebol. Segundo o órgão, o fogo segue controlado, mas ainda não foi totalmente apagado, porque a área do parque também é de difícil acesso.            

veja também