MENU

'Foi uma tragédia', diz padre sobre morte de noivo a caminho da igreja

'Foi uma tragédia', diz padre sobre morte de noivo a caminho da igreja

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

Em Santa Maria (RS), um casamento acabou em tragédia. Vinte minutos antes da cerimônia, um noivo sofreu um ataque de asma.

Em uma página de relacionamentos na internet, a noiva, de 27 anos, diz que sente falta do noivo, um advogado de 30 anos. Ele morreu na noite de sábado (6), a caminho da igreja onde ia se casar. Pouco antes, teve uma crise de asma e pediu para ser levado ao hospital. Mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Um dos padres da paróquia conta que a notícia chocou todos que estavam no templo. "É a primeira vez que acontece uma coisa dessas. Todo mundo está consternado, foi uma tragédia", disse o padre Rubem Dotto.

O advogado foi enterrado no domingo (7). Segundo o chefe do serviço de pneumologia da Santa Casa de Porto Alegre, Luiz Carlos Correa, a emoção pode desencandear uma crise de asma. "Pode ser um fator agravante. Mas certamente havia outros fatores que não foram reconhecidos e tratados", afirmou.

Outros fatores também podem agravar o quadro: poeira, mofo, cheiros fortes, umidade e mudanças climáticas.

No Brasil, 20 milhões de pessoas sofrem com a doença. A asma é uma inflamação crônica das vias respiratórias. Esse problema exige um esforço muito maior para que o ar entre e saia dos pulmões. Os sintomas são falta de ar, chiado, tosse intensa e sensação de aperto no peito. Os médicos alertam que a doença é perigosa -- ela causa 2 mil mortes por ano no país.

veja também