MENU

Francês recebe prêmio por imagens gigantes em favelas do Rio

Francês recebe prêmio por imagens gigantes em favelas do Rio

Atualizado: Sexta-feira, 22 Outubro de 2010 as 10:47

Um artista de rua francês, denominado JR e conhecido por suas fotos gigantes colocadas em paredes de favelas do Rio de Janeiro, de cidades da periferia parisiense e de casas em ruínas em Xangai, recebeu o prêmio da fundação TED um prêmio de US$ 100 mil dólares.

Após Bill Clinton e Bono Vox, os organizadores do prêmio TED (Technology, Entertainment, Design), uma fundação sem fins lucrativos voltada para a cultura e inovações, recompensaram um artista que apresenta originalidade ao frequentemente quebrar as regras para fixar seus enormes murais com fotos.

JR é conhecido como artista de rua pelos trabalhos em uma favela do Rio de Janeiro. Em 2008, ele colou enormes estampas com expressões de uma mulher em preto e branco em mais de 40 fachadas de casas no Morro da Providência.

As fotos engraçadas de um imã, um padre e um rabino que foram colocadas no muro que divide Jerusalém, em 2007, também contribuíram para o seu renome no meio alternativo.

JR é um "verdadeiro humanista", cujas "criações surpreendentes levaram pessoas a ver a arte onde não se esperava", declarou o diretor do prêmio Amy Novogratz.

"Estou um pouco surpreso", declarou JR ao New York Times após receber a notícia. "Nunca fui considerado para um prêmio em minha vida e não sei como alguém propôs meu nome", disse.

O francês, que tem o hábito de usar um chapéu e óculos escuros, se apresenta como fotógrafo e grafiteiro e não como "artista de rua", coisa que ele abomina. Ele deve agora decidir em qual desejo ou projeto ele vai investir os US$ 100 mil.

Bill Clinton escolheu direcionar os fundos para a criação de um sistema de saúde rural em Ruanda. Recompensado em 2010, o cozinheiro Jamie Oliver destinou o seu prêmio à luta contra a obesidade.

veja também