MENU

Fuga e tentativa de rebelião em presídio

Fuga e tentativa de rebelião em presídio

Atualizado: Terça-feira, 4 Maio de 2010 as 9:40

Fuga, perseguição, tiros, preso baleado e princípio de rebelião. Este foi o cenário de mais um tumultuado início de semana no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira I (IPPOO I), localizado na Avenida dos Expedicionários, bairro da Serrinha.

Por volta das 8 horas, dois detentos conseguiram escapar do presídio por meio de um buraco com cerca de 40 centímetros, escavado na muralha, que dava acesso à Rua Holanda. Anderson da Silva Nascimento e José Ericson Freire da Silva, ambos presos por assalto à mão armada, fugiram, apesar de haver um policial na guarita bem perto do local.

Policiais do Ronda do Quarteirão, do grupo Raio (Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas) e da Força Tática de Apoio da 1ª Companhia do 6º BPM (Maraponga) foram acionados e saíram em perseguição aos fugitivos. "Os foragidos foram cercados e recapturados na Estrada da Pavuna", contou o sargento Mardônio, da FTA da 1ª Companhia do 6º BPM.

Logo após o retorno dos fugitivos ao IPPOO I, uma rebelião começou entre os detentos. O clima ficou mais tenso quando um disparo aconteceu, atingindo o detento Paulo Delano Freitas da Silva, o ''Paulinho'', que responde a processo por porte ilegal de arma.

Gate

Segundo policiais que estavam no presídio, o disparo teria partido de uma arma em poder dos presos. Há, ainda, informações de que o tiro saiu da arma de um policial. Paulo Delano foi levado para o IJF.

A Reportagem acompanhou toda a movimentação na guarda do presídio. Policiais do Gate foram acionados para o local, mas a Secretaria da Justiça (Sejus) não autorizou a entrada dos militares na área interna.

Por Nathália Lobo

veja também