MENU

Funcionários da construção civil fazem passeata em SP

Funcionários da construção civil fazem passeata em SP

Atualizado: Segunda-feira, 20 Julho de 2009 as 12

Cerca de três mil funcionários da construção civil, segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo (Sintracon), estão concentrados na sede do sindicato, no centro da capital paulista, para realizar uma passeata na manhã de hoje, 20 de julho. A passeata, segundo o presidente do sindicato, Antonio de Sousa Ramalho, tem como destino a superintendência do Ministério do Trabalho em São Paulo.

O objetivo do protesto, de acordo com Ramalho, é o de reivindicar melhor segurança nas obras e evitar novos casos de mortes de trabalhadores. Um documento com outras oito reivindicações do sindicato também será entregue ao superintendente, José Roberto de Melo. Ramalho explica que a manifestação tem a intenção de criar uma política de respeito à vida e à prevenção a acidentes.

"Queremos que o governo dê maior atenção à vida. Não são só os trabalhadores que correm riscos durante uma obra. Um pedestre que passa pela rua e mesmo os vizinhos da obra também podem ser vítimas da falta de segurança", afirma. Os funcionários aguardavam no início da manhã autorização da Polícia Militar, que programa o roteiro da passeata para evitar congestionamentos. São esperados cerca de oito mil trabalhadores, de acordo com Ramalho.

veja também