MENU

Funcionários eletrocutados em galpão serão enterrados no ABC

Funcionários eletrocutados em galpão serão enterrados no ABC

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 9:24

Os corpos dos dois funcionários eletrocutados nos fundos do hangar da empresa aérea Avianca, na zona sul de São Paulo, serão enterrados às 13h desta quarta-feira (26). As vítimas eram sogro e genro. De acordo com a familiar Ana Rita Gonçalves, o sepultamento vai ocorrer no Cemitério Baeta Neves, em São Bernardo do Campo (Grande ABC).

Segundo ela, a família vai entrar com um processo na Justiça contra os responsáveis pelas mortes das vítimas – as causas estão sendo apuradas pela polícia.

- Vamos buscar esclarecimento ver o que poder ser feito. Ninguém se pronunciou ou ligou para saber como estão as esposas, os filhos, os netos.

O galpão onde ocorreu o acidente é vizinho ao aeroporto de Congonhas e fica rua dos Tamoios, altura do número 579, no Jardim Aeroporto.

Afonso Gonçalves de Paula, de 50 anos, e o genro Thiago José Veloso Cadorin, de 26 anos, realizavam um serviço de manutenção no hangar, quando um poste metálico que era retirado do local encostou em um fio de alta tensão. Eles receberam uma descarga elétrica e morreram no local, na tarde de terça-feira (25).

Um terceiro funcionário tentou socorrer as vítimas e também recebeu uma descarga elétrica com menor intensidade. Ele foi levado ao Hospital do Servidor Público Estadual.

Investigação De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), a perícia no local foi finalizada na terça-feira (25). O inquérito policial foi instaurado, mas a assessoria de imprensa da secretaria não inA ocorrência foi registrada na Delegacia do Aeroporto de Congonhas como homicídio culposo.

Em nota divulgada na terça-feira, a assessoria de imprensa da Avianca afirmou que lamenta o incidente e está oferecendo "assistência necessária às famílias das vítimas".formou quando começarão as convocações para depoimentos.    

veja também