Gianecchini reestreia peça em SP com muita emoção e agradece apoio na luta contra o câncer

Gianecchini reestreia peça em SP com muita emoção

Atualizado: Quarta-feira, 14 Março de 2012 as 8:06

Após oito meses sem atuar por conta de um tratamento contra um câncer de linfoma, Reynaldo Gianecchini voltou aos palcos na noite desta terça-feira (13) no teatro Faap para a reestréia da peça “Cruel” ao lado de Maria Manoella e Erik Marmo.   

O ator que tem 39 anos e uma belíssima carreira já consolidada conseguiu segurar a emoção ao entrar em cena mesmo sendo ovacionado com muitos aplausos.
 
No final da peça fez questão de dedicar o espetáculo à sua mãe e aos médicos e enfermeiros do Hospital Sírio-Libanês os quais foram responsáveis pelo seu tratamento e recuperação.
 
“- A gente não tem como falar da felicidade de estar aqui hoje... Está difícil, gente [começa a chorar]. Eu não quero perder a oportunidade de agradecer. Meu coração não cabe de tanta gratidão. Vou começar agradecendo à pessoa que eu agradeço todos os dias da minha vida. Quero falar desse ser iluminado que eu tive a sorte de ter como mãe. É a pessoa mais querida e mais parceira. Te amo loucamente! Quero agradecer aos pais de todos nós. Família não tem como não falar. É a força de todos nós.”
 
“Como é bonito conhecer pessoas que têm uma vocação e exercem a profissão com amor. Estou falando dos meus médicos e toda a equipe de enfermagem do Sírio [começa a chorar outra vez]. Essas pessoas são uma parte muito importante na história da minha vida.”
 
Gianechinni não concedeu entrevistas após o espetáculo por conta de recomendações médicas.

De acordo com sua irmã Cláudia Gianecchini, o ator está com a imunidade muito baixa e o contato com muitas pessoas poderia provocar alguma infecção.

veja também