MENU

Ginásio poliesportivo vira sala de audiência na Região Sul de MG

Ginásio poliesportivo vira sala de audiência na Região Sul de MG

Atualizado: Terça-feira, 8 Novembro de 2011 as 9:41

Um ginásio poliesportivo de Santa Rita do Sapucaí, na Região Sul de Minas Gerais, ficou lotado durante esta segunda-feira (7) para que a Justiça pudesse ouvir testemunhas e réus que foram presos durante a operação "Mão Negra", da Polícia Federal, realizada em novembro do ano passado. Mais de 80 pessoas foram intimadas a depor e como o fórum não comporta tanta gente, o ginásio foi escolhido para as audiências. Uma das arquibancadas ficou cheia de testemunhas do caso, que devem ser ouvidas em etapas, durante esta semana.

As ruas em volta do ginásio foram isoladas. Vinte policiais militares, além de guardas civis, fizeram a segurança. Os acusados aguardaram por esta audiência em presídios de Santa Rita do Sapucaí, Pouso Alegre e também da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A intenção é que as sentenças de cada um dos casos saiam até o fim da semana. Segundo a polícia, na operação "Mão Negra" foram desarticulados vários grupos que comandavam o tráfico de drogas em Minas Gerais e São Paulo. Ainda conforme a polícia, os criminosos aliciavam menores de idade para o tráfico. Além de Santa Rita do Sapucaí, a operação foi realizada em Brasópolis, Pouso Alegre, e mais dez cidades do estado de São Paulo, entre elas, a capital e Campinas.

Ao todo, 39 pessoas foram presas durante as investigações. Dezessete delas estão no Presídio de Santa Rita do Sapucaí. O restante está em Pouso Alegre e na Grande BH.

veja também