MENU

Governador do ES enfrenta onda de protestos

Governador do ES enfrenta onda de protestos

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 9:30

Eleito com a segunda maior votação proporcional do país (mais de 80% dos votos), e sem oposição na Assembleia Legislativa, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), enfrenta uma série de protestos nas ruas de Vitória.

Neste mês, estudantes e sindicalistas bloquearam o trânsito para reclamar do preço das passagens de ônibus. Nesta semana, anunciaram trégua, mas podem retomar as ações se as reivindicações não forem atendidas.

O caso com mais repercussão aconteceu há duas semanas, quando as manifestações fizeram com que um fórum, com a presença do vice-presidente Michel Temer, fosse cancelado. Segundo o TRE-ES, o evento, que duraria três dias, foi cancelado por "falta de segurança".

Os protestos começaram no início do ano, mas ganharam força no dia 2, quando os manifestantes foram reprimidos pela polícia e 28 estudantes foram presos.

É a segunda crise que o governo Casagrande enfrenta em seis meses de governo. No início do ano, problemas na área da saúde levaram o Estado a comprar leitos em hospitais particulares para atender à demanda.

O secretário de Ações Estratégicas do governo, André Garcia, nega crise. "Tivemos que despender mais energia e tempo para mediar o conflito, mas eles não causaram prejuízo para o governo", disse.

veja também