MENU

Governador do Rio diz que Galeão é uma vergonha para a cidade

Governador do Rio diz que Galeão é uma vergonha para a cidade

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 3:41

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, criticou nesta segunda-feira (31) o estado do aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), que foi considerado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) o menos eficiente entre 16 grandes terminais do país que formam a categoria 1 (aeroportos com maior capacidade de operação, como os terminais que recebem voos internacionais). Para ele, o Galeão é um anticartão-postal da cidade. O governador comparou a rodoviária Novo Rio com o terminal aeroviário.

- A rodoviária do Rio está muito melhor que o aeroporto. Ele é uma vergonha para o povo do Rio de Janeiro. Acho que o governo brasileiro não tem que gastar dinheiro investindo em infraestrutura aeroportuária. Em todos os lugares do mundo, este investimento vem do setor privado. O Estado brasileiro tem que receber recursos do lucro das empresas que vão explorar os aeroportos.

De acordo com dados da Anac publicados nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, o aeroporto Internacional Tom Jobim apresentou a pior pontuação (27,06) no indicador que relaciona a quantidade de passageiros e o volume de carga ao custo de operação. O melhor desempenho foi o do aeroporto de Brasília, com 111,3. Por isso, o órgão regulador impôs ao Galeão a meta mais elevada para o ano de 2011: melhorar a eficiência em 30,78%.

Para conseguir atingir o objetivo, a Infraero terá que repensar a política de gestão do Galeão, pois só há dois caminhos para melhorar a eficiência do aeroporto: cortar custos ou elevar o número de usuários e o volume de cargas.    

veja também