MENU

Governar foi "gostoso demais", diz Lula em último programa de rádio

Governar foi "gostoso demais", diz Lula em último programa de rádio

Atualizado: Segunda-feira, 27 Dezembro de 2010 as 9:09

Em tom de despedida, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu a toda população brasileira, nesta segunda-feira (27), durante seu último programa de rádio – o Café com Presidente. Ele disse que quebrou um “tabu”, porque diziam que era muito difícil governar o Brasil.

- Eu não achei nada complicado. Achei até gostoso demais. Ou seja, provar que é possível fazer as coisas, provar que é possível fazer acontecer, provar que é possível permitir que o povo participe. Então, do fundo do coração, muito obrigado ao povo brasileiro, muito obrigado aos nossos ouvintes. Muito obrigado a cada mulher, a cada homem, a cada criança, que nesses últimos oito anos me ajudaram a fazer do Brasil o que estamos colhendo agora. Sou muito grato.

Lula afirmou ainda que tem compromisso de trabalhar até o último dia do mandato.

- Não há nenhuma razão para a gente fraquejar, para a gente amolecer e ir parando antes do tempo. Eu tenho compromissos com a administração: até o dia 30 tenho que trabalhar.

O presidente afirmou que, nesta semana, vai viajar para Bahia, Ceará e Pernambuco ainda nesta semana e também fazer inaugurações em Brasília.

Lula aproveitou o programa para pedir apoio à presidente eleita Dilma Rousseff.

- O Brasil vai precisar de muita energia positiva. O Brasil está vivendo uma fase muito importante, de crescimento e de consolidação de um processo de crescimento econômico que pode nos levar a ser, dentro de cinco ou seis anos, a quinta economia mundial. [...] Serão quatro anos de intensivo trabalho, e a Dilma vai precisar de todo apoio.

O presidente disse que para no dia 31 para descansar.

- Desligo o motor, deixo o motor esfriar para poder entregar o motor para a Dilma, com manutenção feita, tudo direitinho para que ela possa começar dia 2 de janeiro, a 100 por hora.

veja também