MENU

Governo apresenta TV digital a jornalistas sul-africanos

Governo apresenta TV digital a jornalistas sul-africanos

Atualizado: Sexta-feira, 13 Agosto de 2010 as 4:02

O Ministério das Comunicações começou a apresentar o Sistema de TV Digital Brasileiro – o ISDB-T – a uma comitiva de quatro jornalistas sul-africanos. Eles vieram ao país para conhecer a experiência brasileira de implantação do sistema e se reuniram na tarde de ontem (12) com o assessor da Secretaria de Telecomunicações, Flávio Lenz. A África do Sul anunciará nos próximos meses o padrão de TV digital que irá adotar. Durante a reunião, Lenz falou sobre as vantagens do ISDB-T, dando destaque aos aspectos de interatividade e mobilidade proporcionados pelo padrão que é desenvolvido na parceria entre Brasil e Japão, e à qualidade das imagens de alta definição.

Lenz reiterou a disposição em cooperar com a África para que a TV digital seja implementada de forma muito mais ágil do que vem acontecendo em países que optaram por outros sistemas. Durante a conversa com os jornalistas, Lenz explicou que a expectativa é de que não haja necessidade de atualizações tecnológicas a médio prazo, amenizando os custos para a adoção do sistema.

O assessor disse que a TV digital trará oportunidades sociais e mercadológicas aos países. Segundo ele, surgirão muitos negócios para as empresas de telecomunicações, as indústrias e os canais de televisão.

Além da visita ao Ministério das Comunicações, os sul-africanos se reuniram com o assessor especial da Presidência da República para a Área de Políticas Públicas em Comunicação, André Barbosa. "Eu repassei a eles todo o projeto de integração da TV digital com a banda larga da internet ", disse Barbosa à Agência Brasil .

Ele estima que atualmente 550 milhões de pessoas da América Latina e das Filipinas já tenham acesso à TV digital em padrão nipo-brasileiro. Com a inclusão dos países africanos, esse público pode chegar a 700 milhões de pessoas.

Os jornalistas sul-africanos conheceram também as principais emissoras de TV nacionais e foram a Santa Rita do Sapucaí (MG), município onde fica a base do silício brasileiro. A região abriga várias empresas de desenvolvimento tecnológico e fabricantes de componentes, principalmente transmissores.

A África do Sul faz parte da África Austral, bloco formado por 15 países, que deve decidir até setembro qual padrão de TV digital será adotado.

O Brasil já divulgou o padrão da TV digital nipo-brasileiro a diversos países africanos . A expectativa do governo é de que esse padrão de TV digital seja adotado por até 17 países do Continente Africano .

veja também