MENU

Governo do Estado capacita entidades para serem sustentáveis

Governo do Estado capacita entidades para serem sustentáveis

Atualizado: Sexta-feira, 6 Fevereiro de 2009 as 12

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social - Seads reúne entidades sociais da Capital para orientar na obtenção de recursos próprios necessários para o custeio de suas atividades. Os seminários acontecem até 12 de fevereiro de 2009 e são abertos para qualquer instituição interessada. As datas variam conforme a região da cidade (confira o calendário abaixo).

O objetivo do seminário é sensibilizar os gestores e técnicos das entidades para a possibilidade de geração de renda própria, que pode ser obtida com a implantação de negócios, como prestação de serviços (lavanderias, chaveiros, consertos de equipamentos), franquias de empresas alimentícias, cursos de idiomas ou informática, comércio de roupas, papelaria, entre outros.

Ao final do seminário, as entidades interessadas poderão se inscrever no curso de capacitação, que acontecerá entre os meses de fevereiro a setembro. As aulas abordarão temas como: Empreendedorismo, Gestão de Projetos, Gestão Eficaz de Recursos, Gestão de Pessoas e Liderança, Captação de Recursos, Comunicação Social, Planejamento Estratégico e Gestão de Projetos Sociais. Tanto o seminário quanto o treinamento serão oferecidos pela Agência de Desenvolvimento Social - ADS, órgão vinculado à Seads. ''Os participantes aprenderão a analisar as possibilidades do mercado para escolherem opções de negócios, calcularem os riscos, traçarem seus objetivos, as exigências legais e outras habilidades necessárias para a implantação de um negócio próprio'', explica Milena de Araújo, coordenadora da ADS.

Segundo estudo* publicado pelo site Mapa do 3º setor, apenas 9% das entidades tem como fonte recurso a geração de renda por meio da venda de produto e serviços. A maior parte dos recursos vem de doações de empresas (29,6%) e pessoas físicas (13,8%). ''Trata-se de uma mudança de paradigma. A realidade mostra que essas organizações precisam buscar outros caminhos para atingirem seus resultados. E isso passa por capacitação, organização e espírito empreendedor'', conta Lúcia Libois, psicopedagoga e uma das instrutoras nos treinamentos.

Ao final da capacitação, as entidades estarão aptas a elaborarem seus planos de negócios, que será acompanhado pela Agência até a sua concretização. Os projetos viáveis, social e economicamente, poderão receber o financiamento da ADS para sua implantação. O valor varia de R$ 500,00 a R$ 33 mil, com prazo de 36 meses para o pagamento e juros que correspondem a 10% da correção da poupança (em torno de 1% ao ano). Depois da Capital, entidades sociais das regiões de Campinas, Baixada Santista e Mogi das Cruzes também poderão participar do treinamento.  ''Em 2009, a Agência de Desenvolvimento Social deixa de ser apenas um canal de financiamento para se tornar um agente que investe na capacitação das entidades sociais, oferecendo condições reais para se tornarem sustentáveis. Trata-se de mais uma ação para a construção de uma política social moderna e eficiente no Estado de São Paulo'', afirma Rogerio Amato, secretário estadual de Assistência e Desenvolvimento Social.

''A iniciativa é positiva porque vem agregar e fortalecer a atuação de organizações sociais. Não podemos ficar só na dependência de recursos públicos e empresas mantenedoras. Já temos essa visão da necessidade de geração de renda própria e a capacitação permitirá que ampliemos essas possibilidades'', conta Noemi Flores, diretora de projetos da Associação Evangélica Beneficente - AEB.

Para Renault Gomes Filho, educador do Instituto Criança Cidadã - ICC, a oportunidade oferecida pela ADS permitirá que a entidade crie um plano de negócios para ampliar a produção e comercializar produtos que já são feitos no Instituto. "Temos cursos de corte e costura, padaria, confecção de bonecas e pintura em tecido que poderão ser profissionalizados, gerando uma renda maior para a entidade e para as pessoas que produzem as peças''. 

As entidades interessadas em participar dos seminários podem inscrever seus representantes pelo email [email protected] ou comparecerem diretamente nos locais das reuniões.  

Cronograma dos Seminários de Mobilização na Capital:

ZONA NORTE

Data: 5 de fevereiro

Horário: das 14h às 18h

Local: UNISANTANA

Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 421 - 6º andar (Auditório)  

ZONA OESTE e SUL

Data: 10 e 11 de fevereiro

Horário: das 14h às 18h

Local: Unversidade Ibirapuera

Endereço: Av. Interlagos, 1329

REGIÃO CENTRAL

Data: 12 de fevereiro

Horário: das 09h às 13h

Local: CIP - Congregação Israelita São Paulo

Endereço: Rua Antoni Carlos, 653 - Autitório Haber - Cerqueira Cesar

veja também