Governo do Tocantins corta mais de 15 mil cargos de comissão

Governo do Tocantins corta mais de 15 mil cargos de comissão

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 10:23

O governo do Tocantins determinou nesta quinta-feira (13) a demissão de 15.565 servidores que ocupavam cargos comissionados. O anúncio foi feito pelo secretário de Administração, Lúcio Mascarenhas. A economia prevista com os cortes chega a R$ 210 milhões ao ano.

Segundo o secretário, apenas vão ser mantidos servidores que ocupam  funções consideradas essenciais nas áreas da Saúde e da Educação. As novas estruturas das secretarias ainda terão de ser aprovadas pela Assembléia Legislativa. Ainda segundo o governo, os cargos livres de nomeação serão mantidos para as funções de direção e assessoramento técnico.

A partir desta sexta-feira (14), o governo do estado afirma que as secretarias vão trabalhar apenas com servidores efetivos, que juntos chegam a cerca de 30.400. O governo do estado não descarta a necessidade de realizar contratos temporários ainda a partir deste mês para casos considerados prioritários. Os critérios serão definidos pelos secretários.

De acordo com o governo do estado, a realização de concursos públicos só deve ser definida após uma análise geral do quadro de servidores do estado.

veja também