Grávida é detida com drogas em operação no Rio, confirma Bope

Grávida é detida com drogas em operação no Rio, confirma Bope

Atualizado: Sexta-feira, 7 Janeiro de 2011 as 1:55

Uma grávida foi detida por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) com uma mochila com drogas durante a operação na Favela do Rato Molhado, no Engenho Novo, no subúrbio do Rio. Ela e um suspeito, que também foi detido, estavam saindo de um baile funk na comunidade.

Além deles, um outro suspeito com uma pistola também foi detido. Os policiais foram ao local depois de receber denúncias de que traficantes dos morros da Matriz, do Quieto e São João, que foram ocupados na quinta-feira (6) para a instalação de uma nova Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), estariam no baile na comunidade vizinha.

A operação, que já foi concluída, contou com a participação de 40 policiais. Os suspeitos e o material apreendidos foram levados para a 24ª (Piedade).

O comandante do Bope, tenente-coronel René Alonso, informou que traficantes fugiram para a comunidade vizinha após o início da ocupação de três favelas. A operação também teve como objetivo buscar armas e drogas e proporcionar segurança aos moradores da região.

Ocupação de três favelas

Na manhã de quinta-feira (6), policiais do Bope, do Batalhão de Choque, da Companhia de Cães e dos 3º BPM (Méier) e 6º BPM (Tijuca) começaram a ocupação dos morros da Matriz, do Quieto e São João para a instalação da 14ª UPP da cidade. O trabalho foi tranquilo, sem prisões ou apreensões durante todo o dia. A próxima UPP deve ser inaugura nos próximos 30 dias.

Com a ocupação, serão beneficiados os bairros: Abolição, Água Santa, Cachambi, Encantado, Engenho de Dentro, Engenho Novo, Jacaré, Lins de Vasconcelos, Riachuelo, Rocha, Sampaio, São Francisco Xavier e Todos os Santos.

veja também