MENU

Greve dos Correios não altera prazos de pagamentos, diz Febraban

Greve dos Correios não altera prazos de pagamentos, diz Febraban

Atualizado: Quarta-feira, 14 Setembro de 2011 as 2:48

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou nesta quarta-feira (14) que não haverá prorrogação de prazos de pagamentos de cobranças não recebidas em função da greve dos Correios, iniciada à 0h. As datas de vencimento, esclarece a Febraban, são determinadas pelas concessionárias de serviços públicos e empresas emissoras dos boletos.

Em comunicado, a entidade sugere que os clientes identifiquem os pagamentos recorrentes mensais, ou aqueles eventuais que poderão incidir no período da paralisação e, com essas informações, procurem as agências das concessionárias ou empresas emissoras dos boletos para solicitar a segunda via da cobrança.

"A Febraban observa ainda que o DDA – Débito Direto Autorizado, serviço bancário disponível desde 2009, elimina a necessidade do boleto impresso. Podem ser acessados eletronicamente pelos consumidores, sem o risco de extravio da correspondência e a alteração dos dados", diz a nota.

Os funcionários dos Correios de 24 estados entraram em greve por tempo indeterminado às 0h desta quarta, segundo o diretor da Federação dos Trabalhadores dos Correios, José Gonçalves de Almeida.

Os trabalhadores dos Correios realizam manifestação na marginal do Anel Rodoviário,

no bairro da Pampulha, em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (14) (Foto: ALEX DE JESUS/O TEMPO/AE)    

Segundo Almeida, os trabalhadores reivindicam aumento salarial de R$ 400, reajuste no vale-refeição, contratação de 21 mil trabalhadores em todo o país e pagamento de perdas salariais, dentre outras propostas.

Ainda não há nenhuma assembleia marcada entre sindicalistas e a diretoria dos Correios, de acordo com a entidade. Por meio de nota enviada nesta manhã, os Correios disseram que trabalham para garantir o atendimento à população.            

veja também