MENU

Greve dos instrutores de trânsito paralisa aulas de direção no DF

Greve dos instrutores de trânsito paralisa aulas de direção no DF

Atualizado: Segunda-feira, 16 Maio de 2011 as 2:07

As autoescolas do Distrito Federal cancelaram as aulas práticas de direção nesta segunda-feira (16) por causa da greve dos instrutores de trânsito. Segundo o Sindicato dos Instrutores e Empregados em Auto e Moto Escolas do DF (Sieame-DF), que representa 1.600 funcionários da categoria, nenhum instrutor trabalhou nesta segunda.

Em contato telefônico com quatro autoescolas credenciadas pelo Detran, o G1 confirnou que todas as aulas práticas dessas instituições foram canceladas.

O indicativo de greve foi votado em assembleia na última sexta-feira (13). Quem tinha exame de direção marcado para sábado não conseguiu fazer a prova.

Entre as principais exigências da categoria está a regularização do salário. “Ganhamos R$ 669, mais a comissão por aula, que dá em torno de R$ 1,500 por mês. Estamos pedindo para ganhar R$ 1,500 fixo. Nós precisamos de uma base salarial, hoje não temos uma garantia de salário”, afirmou o secretário geral do Sieame, Alan Germano Granjeiro.

Os instrutores também reivindicam auxílio-alimentação no valor de R$ 12 por dia e a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias. Segundo Granjeiro, sem uma regra específica, alguns instrutores chegam a trabalhar 12 horas por dia.

O G1 tentou entrar em contato com o Sindicato dos Proprietários de Autoescolas (Sindauto) no início da tarde desta segunda, mas a diretoria estava em assembleia com os sidicalizados desde as 10h. Uma nova assembleia dos instrutores foi marcada para esta segunda, às 19h, no estacionamento da Feira Permanente de Taguatinga.      

veja também