MENU

Greve municipal que já dura 2 meses faz alunos mudarem de escola em MT

Greve municipal que já dura 2 meses faz alunos mudarem de escola em MT

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 4:48

Servidores de Cáceres já estão há dois meses em greve. (Foto: Arquivo / TVCA)

  Já dura dois meses a greve dos servidores municipais de Cáceres, que fica a 250 quilômetros de Cuiabá.  Alguns serviços estão completamente paralisados e apenas os serviços essenciais são mantidos.

Os servidores entraram em greve em abril desse ano e de acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores, Vivaldo Gonçalves, cerca de 85% dos 1.800 servidores municipais estão parados.

A situação mais crítica é enfrentada pelos cerca de 12 mil alunos da rede municipal de ensino que estão sem aula. São aproximadamente 650 funcionários de 20 escolas e creches que estão de braços cruzados.

Para não perder o ano letivo, alguns alunos chegaram a mudar de escola. Um deles foi Cristofer Coelho, ele foi matriculado pelos pais em um colégio particular. ''Não são eles que estão sofrendo, somos nós. Porque eles já estudaram e a agente não'', ressalta o estudante.

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Vivaldo Gonçalves, afirmou que a principal exigência dos professores é a melhoria no salário. ''No caso dos professores, eles pedem que o salário chegue ao piso nacional. Hoje o piso que é pago pelo município é de R$ 927 e nós pleiteamos um aumento para R$ 1.187'', explicou Vivaldo.

O prefeito Túlio Fontes, se defende e afirma que os profissionais da educação já receberam um reajuste de 6, 30% nos salários no mês passado. Ainda segundo ele, também houve uma redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais.

Outros serviços da prefeitura também estão paralisados. Na saúde, cerca de 120 dos 480 funcionários aderiram ao movimento grevista. Já na Secretaria de Obras, apenas a coleta de lixo que é terceirizada continua funcionando.              

veja também