MENU

Grupo invade mansão nos Jardins onde mulheres jogavam baralho

Grupo invade mansão nos Jardins onde mulheres jogavam baralho

Atualizado: Sexta-feira, 5 Agosto de 2011 as 8:32

Uma mansão no Jardim América, região dos Jardins, em São Paulo, foi invadida na noite desta quinta-feira (4) enquanto 14 mulheres estavam reunidas para jogar baralho. É a segunda vez que a casa é alvo de ladrões em dois anos. Os criminosos estavam armados e dominaram as vítimas, levando joias, dinheiro, celulares e outros objetos de valor. Três suspeitos foram presos.

A casa pertencente à família Maksoud. Em maio de 2009, ladrões disfarçados de entregadores de flores roubaram na mesma residência obras de Cândido Portinari e Tarsila do Amaral .

Nesta quinta, dois homens pularam o muro e invadiram a casa, dominando as mulheres por volta de 20h15. Eles estavam armados com canivetes. Outro integrante do grupo permaneceu do lado de fora, em frente ao casarão.     As vítimas foram amarradas com fita plástica e deixadas deitadas, enquanto os dois homens enchiam uma maleta com os objetos roubados. Ninguém se feriu.

A PM foi acionada por um vigia noturno. Dois homens foram presos quando saíam do casarão. O homem que estava do lado de fora do imóvel fugiu, mas foi localizado e preso na Avenida Nove Julho.

Roubo de obras de arte

A mesma casa luxuosa foi assaltada no dia 10 de maio de 2009, um Dia das Mães. Homens disfarçados de entregadores de flores conseguiram entrar na mansão para roubar as telas “O cangaceiro” e “Retrato de Maria”, de Cândido Portinari, e “Figura em azul”, de Tarsila do Amaral, na época avaliadas em cerca de R$ 3,5 milhões, além de outros quadros.            

veja também