MENU

Grupo obriga gerentes a roubar banco com parentes reféns

Grupo obriga gerentes a roubar banco

Atualizado: Segunda-feira, 16 Abril de 2012 as 2:09

Sete assaltantes invadiram as casas de duas gerentes do Banco Santander em Bofete, município a 204 km de São Paulo, e fizeram as mulheres e seus familiares reféns durante toda a noite de domingo até a manhã desta segunda-feira. Enquanto seus parentes eram mantidos sob a mira das armas, elas foram obrigadas a retirar dinheiro do cofre da instituição e entregar para os bandidos.

De acordo com informações da Polícia Civil, por volta das 19h de domingo, uma quadrilha armada entrou na casa da gerente da agência bancária e rendeu ela, o marido e duas filhas - uma jovem e uma criança, conforme a polícia. Em seguida, foram até a casa da gerente administrativa do mesmo banco e renderam ela e o marido.

As seis pessoas foram mantidas reféns sob mira das armas até a manhã de hoje, quando os criminosos obrigaram as duas gerentes a irem até o banco onde trabalham e roubassem o dinheiro do cofre. Caso não fizessem o ordenado, seus familiares seriam assassinados.

As duas gerentes foram à instituição financeira por volta das 8h30, retiraram o dinheiro do cofre e levaram aos criminosos, que estavam aguardando com os reféns em uma estrada. Assim que o dinheiro foi entregue, todos foram liberados e a quadrilha fugiu, possivelmente no sentido São Paulo.

"Não é caracterizado furto a banco e sim extorsão, pela maneira que eles agiram. As vítimas nos passaram que não eram pessoas da região, pois tinham sotaque de outra localidade. Eles, certamente, estavam acompanhando a rotina delas faz tempo", explicou o delegado de Bofete, Lourenço Talamonte Neto. Segundo relato das gerentes, os criminosos não estavam utilizando capuz. A Polícia realizava buscas pela região para localizar os suspeitos. O valor que foi levado do banco não foi divulgado.

veja também