MENU

Gustavo Borges fala sobre o recorde do nadador César Cielo no campeonato mundial

Gustavo Borges fala sobre o recorde do nadador César Cielo no campeonato mundial

Atualizado: Sexta-feira, 31 Julho de 2009 as 12

Na última quinta-feira, 30 de julho, César Cielo garantiu a medalha de ouro na prova dos 100m, no Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma. Mas não ficou só no ouro, em 46s91 Cielo bateu o recorde mundial da prova e passa a ser o primeiro nadador da história a nadar a prova abaixo dos 47 segundos.

Favorito para vencer a prova, Alain Bernard conquistou a prata com 47s12, e o bronze ficou com Frederick Bousquet em (47s25). Cielo virou os primeiros 50m em segundo lugar (22s17), atrás de Bousquet (22s14), que perdeu duas posições na segunda metade da disputa. Cielo apertou o ritmo nos últimos metros e, por 21 centésimos, garantiu o ouro e o recorde mundial. Assim que bateu em primeiro, Cielo arrancou a touca e vibrou muito olhando para as arquibancadas.

Após a prova, o nadador citou Gustavo Borges como espelho, que, em resposta, comentou o feito de Cielo em seu twitter, confira:

"Uma ótima prova de Cesar Cielo hoje nos 100 livre.  Fiquei muito emocionado com vários aspectos deste resultado:  primeiro pela importância para a natação brasileira, e por ele continuar atingindo marcas históricas, marcando seu nome na natação mundial e abrindo caminho para a melhor geração de nossa história aquática.  Segundo, pela concentração e capacidade mental de fazer o seu melhor, mesmo numa final com muita pressão. Ele nadou embolado com os demais e teve sangue frio de segurar a prova e finalizar bem.  E, por último, pela homenagem ao final, falando sobre ter me assitido quando jovem.  Eu sabia, quando era mais novo, que os resultados iriam interferir nos futuros nadadores e esta geração acompanhou bem minha carreira.  Agora, estou vendo uma nova geração interferindo nas vidas e resultados de uma outra geração que tem 9, 10, 15 anos e que futuramente estará presente em podiuns olímpicos e mundiais assim como Cesar Cielo está hoje.Valeu Cesão!" (Gustavo Borges)

veja também