MENU

Harrison Ford diz que raramente trabalha só por dinheiro

Harrison Ford diz que raramente trabalha só por dinheiro

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 12:22

O ator norte-americano Harrison Ford assegurou nesta quinta-feira (13) que não costuma escolher seus papéis por dinheiro, como faz o personagem de "Uma manhã gloriosa", um jornalista veterano que se submete a um trabalho degradante pelo salário. O filme estreia no Brasil no dia 18 de março.

"O personagem aceita o papel que interpreta nesse filme por causa da sua avareza, não quer renunciar ao dinheiro", disse Ford a jornalistas em Madri, na Espanha. "Raras vezes trabalho só por dinheiro', acrescentou.

Nesta comédia, a protagonista é Rachel McAdams, que interpreta Becky Fuller, uma jovem produtora encarregada de elevar  os níveis de audiência de um programa matutino de TV. Para isso ela chama o veterano apresentador Mike Pomeroy, que se vê forçado a reduzir suas exigência de seriedade jornalística e priorizar o espetáculo.

Depois de viver o aventureiro Indiana Jones na série homônima e o mercenário Hans Solo em "Guerra nas estrelas", Ford diz que "o prazer dessa profissão [de ator] é poder fazer coisas diferentes." "A comédia pode ser muito divertida, depende das pessoas, da qualidade do material, mas também pode ser muito decepcionante. A gente espera estar na companhia adequada, e nesse caso acho que estava em boa companhia."

Quanto ao jornalismo, Ford demonstrou respeito pela profissão, mas salientou seu lado ruim. "Sempre admirei a objetividade do bom jornalismo, mas agora há uma nova versão que é uma espécie de estratagema de marketing, se estabelece um lugar em que as pessoas vão para ter seus preconceitos confirmados. Acho que isso não é saudável, que anima a virulência e a discordância."

O ator disse que estaria interessado em encarnar Indiana Jones pela quinta vez, "se tivéssemos um roteiro em que estivéssemos de acordo Steven [Spielberg], George [Lucas] e eu." Mas garantiu que isso não está "fisicamente fora do alcance" do ator, de 68 anos.

veja também