MENU

Homem dorme em túmulo por medo ataques

Homem dorme em túmulo por medo ataques

Atualizado: Segunda-feira, 12 Março de 2012 as 2:12

Um morador de rua de Três Pontas, no Sul de Minas, dorme todos os dias em um túmulo dentro do cemitério da cidade. O homem que dorme onde os mortos descansam tem 61 anos de idade. Ele diz que é natural de Varginha e que já foi seminarista. Depois que a mãe dele morreu, ele decidiu sair de casa e morar nas ruas. Ele afirma que não tem filhos e que não se lembra com certeza de quando começou a morar no cemitério.

Cristiano José da Silva acredita que dormir no cemitério é mais seguro que dormir nas ruas. Ele diz que nas ruas, as pessoas faziam malidades com ele. "Eu adoro dormir aqui. Não tem lugar mais seguro", diz o homem.

Mesmo não tendo medo de espíritos e alma penada, o morador de rua jura que já conversou com gente que já morreu. "Já vi vultos e já conversei com eles", revela. Antes de dormir, Silva reza para a alma de conhecidos que já morreram. Depois, procura um túmulo aberto para se abrigar. Com dificuldade, ele entra e se ajeita. Apesar da falta de conforto, ele só reclama de uma coisa: dos escorpiões. "Já fui picado cinco vezes", diz ele.

O morador de rua sempre chega ao cemitério no fim da tarde. Ele é recebido pelo próprio coveiro, que o deixa entrar. Enquanto permitirem, Silva diz que vai continuar morando entre os mortos, que pra ele, é um verdadeiro lar.

A Prefeitura de Três Pontas informou que não tinha conhecimento do caso, mas que vai fazer uma reunião com o morador de rua e com outros envolvidos no caso. A decisão do que será feito será tomada nesta terça-feira (13).

veja também