MENU

Homem morre após receber descarga elétrica no ABC

Homem morre após receber descarga elétrica no ABC

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 1:07

Um homem morreu após receber uma descarga elétrica de um fio de poste na manhã desta quarta-feira (23) na Rua Visconde de Itaboraí, em Diadema, no ABC. Segundo moradores da região, o fio estava partido e soltando faíscas desde a noite da terça-feira (22).

Segundo a assessoria da Polícia Militar, o homem estava andando quando acidentalmente se aproximou do fio caído. Quando a unidade da PM chegou, a vítima já estava morta. Unidades do Corpo de Bombeiros e do Samu também atenderam ao chamado por volta das 7h40. De acordo com a assessoria, a equipe do Samu constatou a morte do homem ainda no local.

Joel Pedro Gois, comerciante e vizinho da vítima, contou que foi levar o filho à escola por volta das 7h10 e, ao voltar, se deparou com o vizinho eletrocutado na Praça José Dilermando. “Escutei um barulho alto e fui olhar. Nunca vi uma cena tão horrível”, conta.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo ainda estava no local por volta das 12h, aguardando o carro de cadáver. Segundo Joel Pedro Gois, o fio permanecia partido na rua e a região ainda estava sem energia no horário. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema.

Fio partido

Segundo moradores do local, a fiação elétrica da praça José Dilermando teve problema por volta das 23h50 da terça-feira. De acordo com Joel Pedro Gois, houve um barulho alto de explosão e diversos moradores foram à rua checar, onde viram o fio partido e soltando faíscas. Ele ligou para a Eletropaulo, mas disse que até por volta das 2h30 nenhum equipe havia chegado.

“Nós todos ficamos preocupados. Da mesma forma que aconteceu com meu vizinho, poderia ter acontecido com meu filho, com meu sobrinho, com qualquer pessoa”, conta. Segundo ele, a vítima tinha por volta de 70 anos e era um dos moradores mais antigos do local.

A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com a Eletropaulo e aguarda um retorno.    

veja também