Hopi Hari admite chance de "erro crasso" e fecha parque para perícia

Hopi Hari admite chance de "erro crasso" e fecha parque

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:15

Representante do parque de diversões Hopi Hari admitiram pela primeira vez, nesta quinta-feira (1º), que pode ter havido um "erro crasso" na operação do brinquedo La Tour Eiffrel, na última sexta-feira (24), quando uma adolescente de 14 anos caiu e morreu.

A informação é do advogado do Hopi Hari, Alberto Toron, segundo qual o parque vai firmar hoje a tarde um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público.

Pela medida, o parque será fechado ao público a partir de hoje, para que seja feito uma perícia completa com todos os binquedos, a qual deverá participar, além do MP, também representantes do CREA, (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura).

O advogado acompanhou o engenheiro responsável pela manutenção dos brinquedos no segundo depoimento prestado esta semana, pelo mesmo profissional, à Polícia Civil.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições