Hugo Chávez deve remarcar para junho viagem ao Brasil

Hugo Chávez deve remarcar para junho viagem ao Brasil

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 12:14

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve remarcar para junho a visita oficial ao Brasil, segundo informações do Planalto. Devido ao agravamento de uma lesão no joelho, ele cancelou a viagem que faria nesta segunda (9) e terça (10) a Brasília.

O governante venezuelano conversou com a presidente Dilma Rousseff por telefone na noite de segunda para explicar os motivos que o fizeram cancelar a viagem. De acordo com a embaixada da Venezuela, Chávez foi aconselhado por uma junta médica a permanecer em repouso.

Ainda segundo a embaixada, a piora na lesão ocorreu durante o esforço físico do governante na entrega de unidades habitacionais. Chávez chegaria na noite desta segunda e teria reunião com Dilma Rousseff nesta terça.

No encontro, estava prevista a assinatura de 17 acordos, nas áreas de energia, construção civil e ciência e tecnologia. Ele também visitaria Equador e Cuba.

Repouso

Com o cancelamento da agenda com Chávez, Dilma preferiu passar a manhã e o início da tarde no Palácio da Alvorada, onde recebe a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. A presidente ainda se recupera de uma pneumonia no pulmão esquerdo. Segundo o Planalto, ela está bem, mas ainda em convalescência.

Às 18h, Dilma deixa a residência oficial para participar da Marcha dos Prefeitos. Nesta segunda, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, afirmou que os prefeitos vão cobrar da presidente o recebimento da parcela de restos a pagar referente aos municípios.

"Na parte dos restos a pagar, gostaríamos que o empenho, que é um compromisso, fosse pago", afirmou.

veja também