MENU

Ibama apreende animais silvestres no DF

Ibama apreende animais silvestres no DF

Atualizado: Segunda-feira, 22 Março de 2010 as 12

Após três meses de investigação, a Polícia Militar e o Ibama realizaram operação contra o comércio ilegal de animais silvestres no Distrito Federal no último final de semana. Foram apreendidos mais de 120 pássaros e outros bichos em casas de Samambaia, cidade próxima a Brasília.

Em um conjunto da Quadra 425, alguns animais ficavam na rua. O dono de uma das casas da quadra disse que tinha autorização do Ibama para criar as aves. Mas a permissão era apenas para alguns pássaros. A poucos metros, o irmão dele também mantinha em cativeiro pássaros de várias espécies, inclusive um papagaio. Os policiais encontraram o dono da casa em uma rua perto com duas gaiolas no carro. Primeiro, ele negou que vendesse os animais. Disse apenas que gostava de criar. Depois, acabou admitindo.

Em outra rua, os policiais chegaram quando um suposto comprador fechava negócio. No último andar da casa foram encontrados pássaros de diversas espécies. Além das aves, os policiais encontraram também munição de vários calibres. Em outra casa, mais de 28 gaiolas. 

Participaram da Operação Natureza 55 policiais militares e quatro agentes do Ibama. "Tivemos 128 pássaros silvestres apreendidos, um jabuti e dez pessoas detidas", disse o tenente-coronel Gilson, comandante do 11º Batalhão.

"A princípio, nenhum deles tinha autorização e os que têm autorização, mas também apresentam pássaros fora da legalidade, estão burlando o sistema de criação de pássaros. A cada pássaro que a gente consegue apreender e que está sendo vendido na rua, nove morrem em função do processo de captura e venda", disse a agente do Ibama, Ana Paula Inglez.

Todas as pessoas detidas vão responder por crime contra a fauna. Eles podem pegar de seis meses a um ano de cadeia e multa por cada animal apreendido. Os bichos vão ser examinados por veterinários do Ibama. Os que tiverem condições vão ser soltos e os que não tiverem, serão encaminhados para criadores autorizados.

veja também