MENU

Idoso em ambulância morre após acidente na Av. Vereador José Diniz

Idoso em ambulância morre após acidente em avenida

Atualizado: Quarta-feira, 29 Fevereiro de 2012 as 8:19

Um homem de 95 anos que era transportado por uma ambulância envolvida em um acidente na Avenida Vereador José Diniz, na Zona Sul de São Paulo, morreu após o veículo colidir com um carro na noite desta terça-feira (28). Mais cedo, outras duas pessoas morreram em um grave acidente na mesma avenida – um ônibus atingiu e arrastou um carro em um cruzamento no qual o semáforo estava apagado, segundo testemunhas.

O segundo acidente aconteceu a 800 metros do primeiro. A ambulância foi atingida pelo carro no cruzamento com a Rua Gabrielle D’Anunzzio e ficou virada na pista. Quatro pessoas que estavam no veículo de resgate foram levadas para o hospital e não correm risco de morte. Já Hilário Campanholo, de 95 anos, que recebia atendimento médico no veículo, morreu.

Quatro horas antes, duas pessoas que estavam em um carro morreram após o veículo ser arrastado por um ônibus no cruzamento com a Rua Demóstenes. O carro foi parar embaixo do ônibus, já no canteiro central da via. A avenida precisou ficar interditada por quatro horas.

No veículo estavam um empresário e a secretária dele, que morreram na hora. Testemunhas disseram que o ônibus seguia na avenida, sentido bairro, quando o carro atravessou pela rua onde o semáforo estava quebrado. Poucos passageiros do ônibus tiveram ferimentos leves.

O motorista foi preso em flagrante, e passou a noite na delegacia. Ele foi indiciado por homicídio com dolo eventual, segundo o delegado plantonista do 27º Distrito Policial, no Campo Belo, João Paulo Cerqueira de Carvalho. O dolo eventual significa que o motorista Jonas Santana da Silva não teve a intenção de cometer um crime, mas assumiu o risco de causar danos a terceiros ao trafegar acima da velocidade permitida na via, afirma o policial.

Em nota, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) diz que irá verificar o que ocorreu com os semáforos da avenida. Já a SPTrans diz que o motorista do ônibus será afastado até que sejam apuradas as causas do acidente. O veículo será lacrado e encaminhado para vistoria.

veja também