MENU

Inquérito vai investigar descarga elétrica que matou jovem no ABC

Inquérito vai investigar descarga elétrica que matou jovem no ABC

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 4:13

A Polícia Civil vai abrir inquérito para investigar o que provocou a descarga elétrica dada por um poste que matou o jovem Murilo Duvilio Quartarollo, de 18 anos, na noite de quinta-feira (23), na Vila Luzita, em Santo André, no ABC. Todas os possíveis responsáveis serão investigados, conforme informou a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) na manhã desta sexta-feira (24).

Ao atravessar a rua, o jovem tocou em um poste, localizado no cruzamento da Avenida São Bernardo do Campo com a Capitão Mário Toledo e tomou um choque. Não chovia no momento em que tudo aconteceu, de acordo com Bruno de Aro, amigo que acompanhava Murilo e ajudou a socorrê-lo.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado no 1º DP de Santo André, uma equipe da Eletropaulo que esteve no local constatou que no poste havia a instalação irregular de um fio elétrico à rede. O fio ligava o poste ao outro lado da via, onde acontece uma obra do Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa). Essa instalação irregular que se rompeu teria provocado a descarga elétrica, segundo a empresa.

O representante da Semasa que foi até a Vila Luzita logo depois do ocorrido não soube explicar de quem era a responsabilidade pela instalação desse fio elétrico. Por isso, “não ficou claro quem são os responsáveis” pela descarga que atingiu o rapaz, segundo a polícia.

De acordo com a Prefeitura de Santo André, o ponto de energia foi instalado irregularmente. O Departamento de Segurança do Trânsito, responsável pela manutenção e fiscalização dos semáforos no município, também não foi acionado para autorizar a sua instalação, segundo nota divulgada no fim da manhã.

Postado por: Guilherme Pilão

A prefeitura descarta ainda que tenha havido negligência da sua parte porque “não houve nenhum problema relatado pelos moradores ou pedestres a respeito do poste, responsável pela descarga de energia elétrica” e porque “o ponto de energia foi captado diretamente da rede elétrica da Eletropaulo”, diz o texto.

A Prefeitura de Santo André chegou a convocar uma coletiva à imprensa para dar esclarecimentos sobre o caso, mas cancelou a entrevista.

O velório do estudante começou por volta das 12h30 desta sexta no Cemitério da Vila Curuçá, na Rua Coréia, em Santo André, no ABC. O sepultamento será às 17h.

veja também