MENU

Inspeção ambiental fiscaliza carros duas vezes por ano no México

Inspeção ambiental fiscaliza carros duas vezes por ano no México

Atualizado: Terça-feira, 19 Abril de 2011 as 1:20

  Vidro de carro na Cidade do México é todo cheio de adesivo. Essa é a única maneira de saber se os veículos estão passando pela inspeção veicular obrigatória, duas vezes por ano. O compromisso do motorista mexicano com o meio ambiente é em dobro se comparado com o de São Paulo.

Na capital mexicana, a inspeção veicular existe há mais de 20 anos e é mais rigorosa. O diretor do centro de verificação, Francisco, explica que os técnicos não conseguem alterar o programa de computador. Por isso, a regra é a mesma tanto para um carro novo quanto o mais velho.

“A única coisa que o técnico pode fazer é colocar os dados do veículo e seguir as indicações que o computador dá. Não há tolerância. Se o veículo não passa, ele tem que ir ao mecânico e ser consertado”, explica. O diretor de Programas Sustentáveis, Sergio Villaseñor, completa: “Não há tolerância. Se o veículo não passa, ele tem que ir ao mecânico e ser consertado.”

Quem tem carro novo têm incentivos e pode ficar dois anos sem fazer a inspeção, além de escapar do rigoroso rodízio mexicano. Na Cidade do México, a medida funciona das 8h da manhã às 22h da noite. Cada final de placa fica dois dias inteiros sem poder sair e também não pode circular um sábado por mês. As iniciativas diminuem os altos níveis de poluição na capital mexicana.

As iniciativas diminuem os altos níveis de poluição na capital mexicana. “Quando os níveis de poluição estão muito altos, representam risco grave à saúde. Temos que agir e a ação imediata é deter as emissões nas fontes, retirar os veículos de circulação”, diz Armando Hernandez, diretor de monitoramento atmosférico.      

veja também