MENU

Instituto Butantã diz que animal que tira sono dos moradores pode ser um jacaré

Instituto Butantã diz que animal que tira sono dos moradores pode ser um jacaré

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 9:16

    Para descobrir, se o "monstro" que está tirando o sono dos moradores do Parque Residencial dos Lagos, que vivem à beira da Represa Billings, no limite entre Grajaú e Cocaia, extremo zona sul de São Paulo, poderia ser realmente um sucuri, o R7 conversou com o diretor do museu biológico do Instituto Butantã, o biólogo Giuseppe Puorto. 

De acordo com ele, é provável que o animal não seja "natural" nessa região. No local, moradores contam história de que a suposta sucuri teria sido "jogada na água" por um japonês.   - Este bicho pode até ser um jacaré. É a única possibilidade, além de uma sucuri. Para descobrir, o que os moradores podem fazer é jogar uma lanterna nos olhos do bicho. Se brilhar, é um jacaré porque cobra não brilha os olhos com luz. [sic] 

Em qualquer situação, a sugestão de Puorto é que não se mate o bicho. O correto é chamar a Polícia Militar Ambiental ou Corpo de Bombeiros para retirá-lo da represa. 

Segundo a presidente da associação dos moradores, Vera Lúcia Basalia, estes dois órgãos já foram chamado ao local diversas vezes, porém, não conseguiram encontrar o animal.

Questionado pelo R7 sobre a possibilidade de se fazer uma varredura no local para tentar encontrar a cobra ou jacaré, a polícia disse que a remoção pode até ser feita, mas tem que haver o devido acompanhamento para preservar o animal. 

  O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), órgão federal que também pode ser procurado para solucionar estas questões - desde que já tenha sido passado previamente pela Polícia Ambiental (órgão estadual- afirma que o animal só pode ser retirado do local se ficar provado que ele provoca problemas à população. 

Curiosidades:

- Sucuri é uma das maiores cobras do Brasil, pode chegar a atingir até 10 m de comprimento e é um bicho aquático;

- Em SP, ela é encontrada na área central, norte e nordeste do Estado;

- No Pantanal, existe uma espécie de sucuri amarela que é exclusiva dessa área;

- Jacaré e sucuri respiraram oxigênio do ar e não da água.

veja também