Iraniano Jafar Panahi convidado para júri do Festival de Cinema de Berlim 2011

Iraniano Jafar Panahi convidado para júri do Festival de Cinema de Berlim 2011

Atualizado: Segunda-feira, 6 Dezembro de 2010 as 4:38

BERLIM, Alemanha -O cineasta iraniano Jafar Panahi ("Fora do Jogo"), detido brevemente este ano por um filme considerado ultrajante, por Teerã, foi convidado a participar do júri do Festival de Cinemal de Berlim, a Berlinale 2011, informaram os organizadores.

"Esperamos que Jafar Panahi possa participar do festival e realizar esta tarefa tão importante, na 61ª Berlinale", explicou o diretor da mostra, Dieter Kosslick, em comunicado.

O Festival internacional de Berlim será realizado entre os dias 10 e 16 de fevereiro de 2011, na capital alemã.

Jafar Panahi, 50 anos, não pôde participar da Mostra de Veneza em setembro, por ter tido seu passaporte invalidado pelo governo iraniano.

"Proibem-me de fazer filmes há cinco anos. Quando um realizador não é autorizado a fazê-los, significa que está preso mentalmente", havia escrito o cineasta em mensagem lida ao público antes da projeção de "O Acordeão", em Veneza.

Panahi havia sido preso em março e acusado pelo ministério iraniano da Cultura de ter "preparado um filme contra o regime, registrando acontecimentos pós-eleitorais", em alusão a manifestações que se seguiram à reeleição contestada de Mahmoud Ahmadinejad em junho de 2009.

Foi liberado ao final de três meses, mas não pôde participar do júri do Festival de Cannes.

veja também