MENU

Irmã de ator morre ao cair de parapente e amigos denunciam falha

Irmã de ator morre ao cair de parapente

Atualizado: Segunda-feira, 26 Março de 2012 as 8:39

Amigos da jovem Priscila Boliveira, quemorreu no fim da tarde deste domingo (25) após cair de parapente em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro, acreditam que houve falha em equipamentos. O Clube São Conrado de Voo Livre, responsável pelo instrutor e o equipamento, nega. A vítima é irmã do ator Fabricio Boliveira, que atuou nas novelas "A Favorita" e "Sinhá Moça", ambas da TV Globo, e ainda no filme "Tropa de Elite 2 - O Inimigo Agora É Outro".

“Sempre foi o sonho dela e um grande desejo pular de asa delta. Só que ela estaria acima do peso para pular de asa delta, por isso indicaram o parapente, afirmando que era mais seguro. Só que temos certeza que houve uma falha da segurança. Agora vamos esperar para ver o que vai ser decidido”, disse Gaia Maria Magalhães, de 31 anos, amiga de Fabricio. Os dois ainda estão na 15ª DP (Gávea), onde testemunhas prestam depoimento nesta noite.

A assessoria do clube lamentou o ocorrido e alegou que foi “uma fatalidade". O clube informou que “o índice de incidentes é muito baixo. Todos os instrutores tomam todas as precauções necessárias para a segurança das pessoas. Acidente como esse nunca ocorreu”.

De acordo com Gaia, Priscila morava na Bahia e estava no Rio de férias, na casa do irmão, havia quatro dias. Segundo informações de testemunhas, a vítima teria despencado de uma altura de aproximadamente 30 metros, durante um voo duplo, com um instrutor, que não sofreu ferimentos.

Gaia disse ainda que ele, Fabricio e mais dois amigos aguardavam Priscila na areia da praia. “O tempo começou a passar, ela não apareceu”, contou. Para ela, um dos equipamentos não teria sustentado o peso da jovem.

veja também