Irmão de adolescente grávida assassinada em SP presenciou crime

Irmão de adolescente grávida assassinada em SP presenciou crime

Atualizado: Sexta-feira, 18 Março de 2011 as 8:27

O assassinato da adolescente grávida de 16 anos, morta a facadas pelo companheiro na noite desta quinta-feira (17), na região central de São Paulo, foi presenciado pelo irmão de 2 anos da vítima, segundo a polícia. O rapaz suspeito da morte, de 19 anos, foi preso pouco depois na casa da mãe dele, na Zona Norte da cidade. O bebê também morreu.

A adolescente estava junto com o companheiro há quase dois anos. Eles moravam em um quarto de pensão. A mãe dela vivia no cômodo ao lado, e chegou a ouvir os gritos da filha. Uma amiga que não quis se identificar contou que ela e a mãe da adolescente foram até o quarto do casal.

“A gente bateu na porta, ele falou que só tinha cortado o dedo dele e não era nada. A mãe dela perguntou se ela estava bem, ele falou que estava tudo bem com ela, que ele que tinha cortado o dedo”, contou a mulher.     A adolescente foi atingida por 42 facadas. Segundo a polícia, o crime aconteceu depois de uma briga. “Ele estava cansado em relação às crises dela, às perguntas dela em relação a uma ex-namorada que ele tinha. Houve uma discussão e ele não pensou duas vezes. Falou que a cabeça ficou quente e ele resolveu matá-la”, explicou a delegada Karla Regina Teixeira.

O tio da adolescente, que também não quis se identificar, não se conforma com o que aconteceu. “Uma coisa que não dá para entender, uma coisa chocante para todo mundo principalmente para nós.”

O companheiro da vítima foi preso e será indiciado por homicídio qualificado e aborto.      

veja também