MENU

Itanhaém sofre com falta de estrutura para moradores e turistas

Itanhaém sofre com falta de estrutura para moradores e turistas

Atualizado: Quinta-feira, 30 Dezembro de 2010 as 2:09

Itanhaém, no litoral sul de São Paulo é um dos municípios procurados pelos turistas no verão. Para melhor atender as pessoas que procuram sombra e água fresca no município, além dos 90 mil moradores, a prefeitura prometeu ao “Fiscal das praias”, em 2009, uma estrutura melhor para a cidade.

O prefeito João Carlos Forssel garantiu que ia pavimentar cinco regiões da cidade. Uma avenida importante, a São Paulo, ainda espera o asfalto prometido para agosto do ano passado. No bairro Vila Nova Itanhaém, uma vitória da prefeitura. Um quilômetro da avenida que vai até a rodovia foi pavimentado, mas é preciso terminar o serviço. “Você sai com o carro todo lustroso, chega aqui e acaba no buraco, cheio de água”, reclama Carlos Augusto Coelho, técnico em eletrônica.

No bairro Oásis as principais ruas estão asfaltadas, mas as secundárias não podem ser esquecidas. Moradores do Jardim Magalhães ainda espera pelo asfalto. Já no Jardim Laranjeiras a prefeitura beneficiou várias ruas. Todas estão pavimentadas.

O transporte também continua carente. O prefeito disse que conseguiria mais ônibus para a cidade para melhorar o serviço de transporte urbano. Contudo, tudo continua igual. Em alguns locais não há tráfego de ônibus e, a solução para os moradores é pegar um bondinho.

Outra reclamação constante é a falta de sinalização que tem resultado em acidentes e até morte. A prefeitura prometeu contratar 50 agentes para ajudar a organizar o trânsito. Os moradores também reclamam da falta de semáforos. O prefeito, entretanto, diz que não é necessário.

“Nós não precisamos de semáforo. É uma complicação. Paulista quer vir para cá e não ter má impressão de parar por causa de semáforo. O povo aqui é disciplinado no trânsito”, disse Forssel. “O pessoal vem pra cá para ir até praia, e não ficar no trânsito.”

O prefeito também garantiu que vai cobrar mais ônibus nas ruas da cidade. “Acho estranho [ter poucos ônibus nas ruas]. Dono de viação vive de receber dinheiro de passagem. Eu vou agir, não tem dúvida nenhuma. Vou cobrar deles, mais ônibus, ônibus novos”, afirmou o prefeito.

veja também