MENU

José Alencar é velado no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte

José Alencar é velado no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 1:37

O corpo do ex-vice-presidente da República José Alencar é velado nesta quinta-feira (31), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte. O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, e o prefeito da cidade, Márcio Lacerda, acompanham o velório. No início do velório, apenas a família, amigos e convidados ficam dentro do Salão Principal. O sobrinho de José Alencar, Rodrigo Guarçoni, disse, no Palácio da Liberdade, que "“José Alencar tratou a morte e a vida como um sentimento igual”.

O caixão com o corpo do ex-vice-presidente chegou à sede simbólica do governo mineiro em um carro histórico do Corpo de Bombeiros, o mesmo usado no cortejo do corpo do ex-presidente Tancredo Neves, em 1985, que também foi velado no Palácio da Liberdade.

A cremação do corpo de Alencar será no Parque Renascer Cemitério e Crematório, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Anteriormente, a previsão é que a cerimônia de cremação começasse às 14h. Mas, de acordo com informações da TV Globo, no cemitério, essa previsão foi adiada para as 15h, por conta do atraso da chegada do corpo ao Palácio da Liberdade.     Chegada a BH

O avião C-105 de transporte de tropas da Força Aérea Brasileira (FAB) com o corpo de Alencar aterrissou no Centro de Instrução da Aeronáutica, antiga Base Aérea, ao lado do Aeroporto da Pampula, em Belo Horizonte, às 9h15 desta quinta-feira (31). Um avião C-99, também da FAB, chegou por volta das 9h com a família do ex-vice-presidente. Militares da Força Aérea fizeram a guarda de honra.     De acordo com o Palácio do Planalto, em Brasília, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmaram presença no velório na capital mineira. Eles estavam em Portugal e chegaram em Brasília às 20h desta quarta-feira (30). Dilma foi a Portugal para participar da cerimônia de entrega do título de "doutor honoris causa" a Lula, pela Universidade de Coimbra.

Os aviões da FAB deixaram Brasília pouco depois das 7h30 desta quinta-feira (31). Na capital federal, o corpo de Alencar ele foi velado durante toda a quarta-feira e mais de 8 mil pessoas passaram pelo Palácio do Planalto para a despedida.

Alencar, de 79 anos, morreu às 14h41 desta terça, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o Hospital Sírio-Libânes, onde estava internado havia dois dias. Os carros deixaram o prédio por uma saída lateral, que foi cercada durante a madrugada para evitar aglomeração de curiosos e da imprensa.

Populares que desejarem dar o último adeus a Alencar podem entrar no Palácio da Liberdade por uma entrada lateral. A previsão é que o arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor de Oliveira, faça um momento de oração no início do velório. O corpo deve sair do Palácio da Liberdade às 13h.

O trânsito em Belo Horizonte está com várias interdições e desvios para a passagem do cortejo do ex-vice-presidente. Ruas no entorno do Palácio da Liberdade, na Praça da Liberdade,  ficaram interditadas durante o velório, segundo a Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte. Na ida para o Parque Renascer Cemitério e Crematório, o cortejo vai passar pela Avenida Bias Fotes, Praça Raul Soares, Avenida Amazonas, Rua Conde Pereira Carneiro, Via Expressa, Avenida Delta e BR-040.      

veja também