MENU

José Padilha diz que não há nada de concreto ainda sobre 'Robocop'

José Padilha diz que não há nada de concreto ainda sobre 'Robocop'

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 11:05

Por meio de sua assessoria de imprensa, o diretor José Padilha disse nesta quarta (2) que "não há nada de concreto ainda sobre 'Robocop'". A consulta ao cineasta, feita pelos assessores por e-mail, deixa escapar nas entrelinhas que há realmente uma negociação com a MGM, detentora dos direitos da franquia, como anunciou o site Deadline na terça (1º). Mas até os jornalistas que cuidam da relação dele com os veículos de comunicação são cuidadosos ao confirmar ou negar a conversação.

Dirigido pelo holandês Paul Verhoeven, "Robocop - O Policial do Futuro" (1987) foi um sucesso do cinema de ficção científica. Em 1990, ganhou uma continuação, ainda com Paul Weller no papel principal. Em 1993, a terceira parte enterrou a franquia. Também foram lançadas uma série animada em 1988 e um seriado em 1994.

Depois de um longo período de turbulência, a MGM, reconstituída financeiramente sob o comando de uma nova presidência dupla, aposta em "Robocop" como sua primeira grande franquia mundial e está procurando um diretor que consiga recolocá-la no mapa do cinema. A cúpula do estúdio teria ficado impressionada com as realizações recentes de Padilha, especialmente os dois "Tropa de Elite". Assim que ele assinar, dizem, procurarão um roteirista.

O projeto de refazer - ou reiniciar, como também se diz - "Robocop" existe há tempos. Darren Aronofsky, de "Cisne Negro", esteve à frente do projeto, mas acabou saindo quando a MGM começou uma reestruturação financeira. Sua próxima tarefa será "Wolverine".

veja também